Você é bem vindo em nosso blog!

TENHA UMA BOA LEITURA E REFLEXÃO COM O CONTEÚDO DO NOSSO BLOG!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Bolo Bíblico - É muito delicioso!

Bolo Bíblico
(Procurar os ingredientes na Bíblia)
1 xícara e meia de _______________ (Jr 6.20)
200 gramas de __________________ (Jz 5.25)
1 pitada de _____________________ (Gn 19.26)
3 unidades de ___________________ (Lc 11.12)
1 xícara de _____________________ (Jz 4.19)
1 colher (sopa) de________________ (Mt 13.33)
3 xícaras de ____________________ (1Rs 4.22)
250 gramas de __________________ (1Sm 30.12)
200 gramas de __________________ (Na 3.12)
200 gramas de __________________ (Nm 17.8)
4 colheres (sopa) ________________ (1Sm 14.25)
Modo de Fazer
Bata Juízes 5.25(____________), Jeremias 6.20(___________) e Lucas 11.12(_____________). Junte aos poucos alternando Juízes 4.19 (______________) e 1Reis 4.22(_______________) com uma pitada de  Gênesis 19.26 (____________) e 1Samuel 14.25(_______________) e, por último, acrescentar Mateus 13.33(______________).
Reserve a parte 1Samuel 30.12(__________) e Naum 3.12(___________________). Polvilhe 1Reis 4.22(_______________), misture e junte a massa já preparada, se quiser acrescente Números 17.8(_____________). Asse em forno médio até ficar dourado e bom apetite!!!

sábado, 17 de setembro de 2011

Conquistando o Impossível

video

Trânsito! Tem espaço para tanta gente?


Reflexões no congestionamento

O nosso jeito de viver não tem mais sentido – se é que um dia teve. É só parar um pouco e descobrir que estamos andando em círculo, isto é, a lugar nenhum. Se bem que parar é o que mais se faz. Um estudo diz que os congestionamentos atingem 1/3 da população brasileira, e desse total, 20% ficam presas no trânsito mais de uma vez por dia. O mais absurdo é que se paga muito caro para esta prisão de quatro rodas. Pelas contas, o transporte hoje tem os mesmos custos da alimentação, ou seja, 20% de nossa renda. Não é uma loucura? Construímos veículos sofisticados que consomem boa parte de nosso salário, para depois nos deixarem presos e estressados no asfalto?
E se descobrimos que as ruas não mais suportam tantos carros, o que dizer do congestionamento populacional? Os demógrafos dizem que no dia 31 de outubro de 2012 vai nascer o “bebê número 7 bilhões”. Tem espaço para tanta gente? Os cientistas calculam que há comida suficiente no mundo para nos alimentar até em 2050, quando a população do planeta será de 9 bilhões – mas isto ainda depende do uso adequado dos recursos naturais.
Mas este é nosso drama, estamos acabando com os recursos do planeta – esta “nave espacial” com combustível, água, alimento e condições de sobrevivência que estão se esgotando na prateleira. E com isto chegamos a conclusão do autor de Eclesiastes 2.1-11. Ele buscou cegamente o prazer da bebida, do consumismo, da riqueza, da promiscuidade, do individualismo, mas no final descobriu que era tudo ilusão.  Hoje vivemos no topo do consumismo tecnológico, mas descobrindo que, além de ilusão, tudo retorna em lixo tóxico e destrutivo.
Quando a Bíblia diz que “por meio do Filho, Deus resolveu trazer o Universo de volta para si mesmo” Colossenses 1.20, tal promessa de um novo céu e uma nova terra Apocalipse 21.1 não elimina a responsabilidade humana e, sobretudo cristã, de cuidar do Jardim Gênesis 2.15. Creio que podemos aproveitar este tempo quando ficamos presos nos congestionamentos, e refletir neste jeito louco de viver. Não vamos individualmente resolver os graves problemas do planeta, mas não precisamos cooperar na degradação dele.

Rev. Marcos Schmidt
Comunidade São Paulo, Novo Hamburgo, RS

sábado, 10 de setembro de 2011

Se Jesus fosse Neopentecostal

Felipe Almada



Se Jesus fosse neopentecostal, não venceria satanás pela palavra, mas teria o repreendido, o amarrado, mandado ajoelhar, dizer que é derrotado, feito uma sessão de descarrego durante 7 terças-feiras, aí sim ele sairia. (Mt 4:1-11)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria feito simplesmente o “sermão da montanha”, mas teria realizado o Grande Congresso Galileu de Avivamento Fogo no Monte, cuja entrada seria apenas 250 Dracmas divididas em 4 vezes sem juros. (Mt 5:1-11)

Se Jesus fosse neopentecostal, jamais teria dito, no caso de alguém bater em uma de nossa face, para darmos a outra; Ele certamente teria mandado que pedíssemos fogo consumidor do céu sobre que tivesse batido pois “ai daquele que tocar no ungido do senhor” (MT 5 :38-42)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria curado o servo do centurião de cafarnaum à distância, mas o mandaria levar o tal servo em uma de suas reuniões de milagres e lhe daria uma toalhinha ungida para colocar sobre o paralítico durante 7 semanas, aí sim, ele seria curado. (Mt 8: 5-13)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria multiplicado pães e peixes e distribuído de graça para o povo, de jeito nenhum!! Na verdade o pão ou o peixe seriam “adquiridos” através de uma pequena oferta de no mínimo 50 dracmas e quem comesse o tal pão ou peixe milagrosos seria curado de suas enfermidades. (Jo 6:1-15)

Se Jesus fosse neopentecostal, ele até teria expulsado os cambistas e os que vendiam pombas no templo, mas permaneceria com o comercio, mas sob sua gerência. (MT 21:12-13)
Se Jesus fosse neopentecostal, quando os fariseus o pedissem um sinal certamente ele imediatamente levantaria as mãos e de suas mãos sairiam vários arco-íris, um esplendor de fogo e glória se formaria em volta dele que flutuaria enquanto anjos cantarolavam: “divisa de fogo varão de guerra, ele desceu a terra, ele chegou pra guerrear”. E repetiria tal performance sempre que solicitado. (Mt 16:1-12)

Se Jesus fosse neopentecostal, nunca teria dito para carregarmos nossa cruz, perdermos nossa vida para ganhá-la, mas teria dito que nascemos para vencer e que fazemos parte da geração de conquistadores, e que todos somos  predestinados para o sucesso. E no final gritaria: receeeeeeebaaaaaa! (Lc 9:23)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria curado a mulher encurvada imediatamente, mas teria a convidado para a Escola de Cura para o aprender os 7... veja bem, os 7 passos para receber a cura divina. (LC 13:10-17)

Se Jesus fosse neopentecostal, de forma alguma teria entrado em Jerusalém montado num jumento, mas teria entrado numa carruagem real toda trabalhada em pedras preciosas, com Poncio Pilatos, Herodes e a cantora Maria Madalena cantando hinos de vitória “liberando” a benção sobre Jerusalém. E o povo não o receberia declarando Hosana! Mas marchariam atrás da carruagem enquanto os  apóstolos contaariam quantos milhões de pessoas estavam na primeira marcha pra Jesus. (MT 21:1-15)

Se Jesus fosse neopentecostal, ao curar o leproso (Mc 1:40-45), este não ficaria curado imediatamente, mas durante a semana enquanto ele continuasse crendo. Pois se parasse de crer.. aiaiaiaia

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria expulsado o demônio do geraseno com tanta facilidade, Ele teria realizado um seminário de batalha espiritual para, a partir daí se iniciar o processo de libertação daquele jovem. (Mc 5:1-20)

Se Jesus fosse neopentecostal,  o texto seria assim: “ Mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um pobre entrar no reio dos céus” (Mt 19:22-24)

Se Jesus fosse neopentecostal, não teria transformado água em vinho, mas em Guaraná Dolly. (Jo 2:1-12)

Se Jesus fosse neopentecostal, ele teria sim onde recostar sua cabeça e moraria no bairro onde estavam localizados os palácios mais chiques e teria um castelo de verão no Egito. (Mt 8:20)

Se Jesus fosse neopentecostal, Zaqueu não teria devolvido o que roubou, mas teria doado ao seu  ministério. (Lc 19:1-10)

Se Jesus fosse neopentecostal, não pregaria nas sinagogas, mas na recém fundada Igreja de Cristo, e Judas ao traí-lo não se mataria, mas abriria a Igreja de Cristo Renovada.

Se Jesus fosse neopentecostal, não diria que no mundo teríamos aflições, mas diria que teríamos sucesso, honra, vitória, sucesso, riquezas, sucesso, prosperidade, honra.... (Jo 16:33)

Se Jesus fosse neopentecostal, ele seria amigo de Pôncio Pilatos, apoiaria Herodes e só falaria o que os fariseus quisessem ouvir. Certamente, Se Jesus fosse neopentecostal, não sofreria tanto nem morreria por mim nem por você...

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

É preciso descansar e afiar o machado

AFIANDO O MACHADO

Dois homens rachavam lenha o dia inteiro. Um trabalhava o tempo todo sem fazer pausas, e tinha no fim, um monte bem grande de lenha cortada. O outro trabalhava 50 minutos e descansava 10, mas, por incrível que pareça, ele tinha mais lenha rachada no fim do dia.
Como você tem sempre mais lenha rachada do que eu?, perguntou o primeiro. Porque durante os intervalos que eu fiz, eu não apenas descansei, mas afiei o meu machado, respondeu o segundo.
Querido leitor, certamente você não usa só um machado, mas usa outros instrumentos, e o principal: a sua mente. Esta também precisa ser afiada, renovada, estimulada e motivada. Só assim ela será produtiva no dia-a-dia.
Não adianta querer trabalhar o tempo todo, de domingo a domingo e não tirar tempo para lazer, descanso, passeio com a família e etc... Com as baterias recarregadas, o nosso trabalho terá um melhor rendimento e qualidade. Disso, todos nós sabemos e temos experiências.
Mas, não esqueçamos da estratégia do lenhador que, junto ao descanso afiava o seu machado.
Todos nós precisamos descansar e afiar a nossa mente e alma. Deus terminou a obra da criação em seis dias, e no sétimo ele descansou. Gn 2.2,3. Deus é Todo-Poderoso e incansável. Não precisava descansar. Mas ele assim o fez, para que nós levemos a sério essa recomendação.
E junto ao descanso do corpo, Deus pede para que usemos, não o machado, mas a sua Palavra para afiar e fortalecer a nossa fé em Jesus Cristo. O 3º Mandamento da Lei de Deus diz: “Santificarás o dia do descanso”. E uma forma de fazer isso é indo regularmente para a igreja e se envolver com todas as energias nas suas atividades.
Jesus inclusive diz em Mateus 4.4: “Não de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.”
Em Filipenses 4.8, o apóstolo Paulo diz que devemos ocupar a nossa mente com o que é: “...verdadeiro, respeitável, justo, puro, amável e de boa fama...”.
A Palavra de Deus dá descanso para a nossa alma. É através da leitura bíblica e devoção diária com a família que nós encontramos na Palavra mensagens de vida e esperança. É nela que encontramos o perfeito amor de Deus, que enviou o seu único Filho ao mundo para nos dar o perdão de todos os nossos pecados – Leia 1João 1.7.
Sabendo disso, o salmista Davi escreve no Salmo 119.97: “Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia!”.
Por isso, continuemos lendo e estudando a Bíblia, ferramenta que Deus deixou para as suas ovelhas afiarem a sua fé e esperança tão somente na graça do Senhor.
Um bom descanso a todos com a leitura da Palavra de nosso querido Deus!

Pastor Silvair Litzkow

Matemática e a Bíblia

Matemática Bíblica

 1) O numero de homens que lutaram com Gideão: (Jz 7.6) _______

2) O numero de dias que Jonas ficou no ventre do peixe (Jn 1.17) _______

3) O numero de Pedras que Josué mandou colocar no rio Jordão para o povo atravessar (Js 4.9) ____________

4) O numero de dias que Jesus permaneceu no deserto (Mt 4.2)_______

5) O numero de moedas de prata, pelas quais Jesus foi vendido (Mt 26.15) _______

6) O numero de anos acrescentados ao rei Ezequias (2Rs 20.6)_______

7) A idade com que José começou a governar no Egito (Gn 41.46) ___________

8) A soma de todos os números (1 à 7) vai dar a quantidade exata de anos em que o povo de Israel permaneceu escravo no Egito. Quantos anos foram? (Ex 12.40)_______

Oportunidades para colocar a fé em ação

DONS E FUNÇÕES NA IGREJA
            Na igreja temos muitas oportunidades para colocar nossa fé em ação. Aqui estão algumas, das quais você deverá escolher pelo menos 5 (cinco) em que pode servir ao Senhor Jesus. Ponha a que mais lhe interessa em primeiro lugar e assim por diante.
1.     Trazer flores para o altar.
2.     Distribuir e guardar hinários, Bíblias, etc.
3.     Ajudar nas leituras bíblicas dos cultos.
4.     Ajudar nas orações dos cultos.
5.     Anotar pedidos de orações nos cultos.
6.     Receber os visitantes (mostrar-lhes onde sentar-se, orientar sobre o uso do hinário, Bíblia, etc.).
7.     Anotar nomes e endereço dos visitantes.
8.     Tocar órgão ou teclado.
9.     Colocar os hinos e leituras no quadro.
10. Cantar no coral.
11. Dirigir o canto no culto.
12. Dirigir música e canto na Escola Bíblica.
13. Enfeitar a árvore de Natal e depois guardar os enfeites.
14.  Trabalhar como carpinteiro.
15.  Trabalhar como pedreiro.
16.  Cuidar da limpeza da igreja, gramado, etc.
17.  Ajudar a organizar encontros ou cursos de jovens, senhoras, professores, líderes, etc.
18.  Organizar almoços de comunhão cristã.
19.  Organizar jogos e brincadeiras.
20.  Organizar os esportes.
21.  Organizar noites artísticas.
22.  Organizar passeios, retiros, etc.
23.  Distribuir o boletim.
24.  Anotar pedidos de Bíblias, hinários, etc.
25.  Fazer e manter um quadro de anúncios (mural).
26.  Participar do grupo de oração.
27.  Preparar material para a Escola Bíblica.
28.    Ser professor de Escola Bíblica.
29. Ser professor auxiliar de Escola Bíblica.
30. Dirigir brincadeiras para as crianças.
31. Distribuir folhetos de casa em casa.
32. Distribuir folhetos em hospitais, asilos, etc.
33. Visitar ou conversar com os visitantes do culto.
34. Visitar e explicar a salvação a pessoas não cristãs.
35. Distribuir convites para cultos e outras programações da  igreja.
36. Apadrinhar e visitar novos membros.
37. Visitar membros da congregação.
38. Visitar membros inativos.
39. Levar o boletim ou o sermão para membros ausentes no culto.
40. Visitar enfermos (doentes) (na casa, hospital, etc.).
41. Visitar enlutados.
42. Visitar e ajudar necessitados e pobres.
43. Visitar idosos.
44. Cozinhar ou fazer serviços da casa para idosos ou doentes sem assistência.
45. Tocar flauta nos cultos, etc.
46. Tocar guitarra ou violão nos cultos, etc.
47. Ensaiar o programa de Natal.
48. Servir as mesas em festas, encontros, etc.
49. Preparar churrasco, salada, etc.
50. Lavar, secar e guardar pratos, copos, etc.

1)____   2)____   3)____   4)____   5)____

Nome: _____________________________________

Data: ______ de _____________________ de 2011

Eu me comprometo a assumir, fiel e  ativamente, com a ajuda de Deus, pelo menos duas das cinco tarefas úteis de uma congregação, por mim escolhidas.